CASO BOTO-TIZIU ACABA EM PIZZA

Presidente do Norusca retira representação e TJD arquiva denúncia contra Jacaré

PLANTÃO F"G"! - Dalla Pria (foto) já pode parar de roer as unhas. O presidente do Noroeste, Damião Garcia, retirou nesta segunda a representação que o clube de Bauru movia contra o RIO PRETO EC no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Paulista de Futebol (FPF).

A denúncia dos noroestinos se baseava na acusação dos jogadores Boto e Tizu, de que o presidente esmeraldino, Vergílio Dalla Pria Neto, teria falsificado suas assinaturas nos respectivos contratos de trabalho. O caso veio à público após os atletas registrarem BO, horas depois de o Jacaré obter em campo classificação à 2ª fase da Copa Paulista, ao vencer a diabada no 61º dérbi.

No entanto, após o impacto inicial da denúncias, aos poucos a verdade dos fatos veio à tona. Frustrado por não conseguir a classificação dentro das 4 linhas, o diretor de futebol do Norusca, Vitor Hugo, coagiu Boto e Tiziu a revelarem suposta ilegalidade do presidente esmeraldino na confecção dos contratos, em troca de emprego e maior remuneração no clube bauruense.

Vindos por empréstimos do Tupã, Boto e Tiziu assinaram contrato em branco ainda no clube de origem. Na Vila Universitária, os contratos foram corretamente preenchidos e a papelada foi enviada dentro do prazo estipulado pela FPF. Tudo normal.

Em novo depoimento, Boto e Tiziu admitiram que foram procurados por Vitor Hugo e coagidos a registrarem ocorrência. E mais, Hugo assinou o BO como testemunha e arrancou dos atletas mais assinaturas, autenticadas em Lins, para mover processo contra o Glorioso na FPF.

Desvendada a trama, restou ao presidente do Norusca enviar fax ao TJD da FPF, retirando a denúncia contra o RIO PRETO EC. De acordo com a Agência Futebol Interior (AFI), a representação já foi arquivada pelo TJD (veja).

Dalla Pria, que esteve no TJD na tarde desta segunda, reafirmou a convicção de sua inocência. "Sempre diz que não tinha nada de errado e estive na entidade para esclarecer os fatos. Agora, é pensar na próxima fase da competição e tentar dar prosseguimento no torneio", disse o cartola em matéria da AFI.

Como assim "tentar dar prosseguimento ao torneio"? Não haverá punição a Vitor Hugo, autor dessa trama? Aliás, Vitor Hugo e seus comparsas ligados ao Diabo. Então quer dizer que não vai acontecer nada com essa turma toda?

Sim, porque Boto e Tizu já foram punidos. Tiveram seus contratos rescindidos e devem carregar o estigma dessa trama inescrupulosa pelo resto de suas carreiras.

E com os cartolas, nada?

Que sacanagem!

Embora aliviada por ver a equipe livre da perda de pontos e coisas do gênero, a galera do Jacaré esperava mais da diretoria esmeraldina. Ao menos, este editor esperava.

E assim, o caso Boto-Tiziu acaba, como de resto quase tudo nesse país: em pizza.

Mamma Mia!

FORÇA "GLORINHA"!

Foto: Vergílio Dalla Pria Neto, presidente esmeraldino (Thomaz Vita Neto/Diarioweb).
Fonte: Futebol Interior e Página Oficial do Rio Preto Esporte Clube.

VEJA TAMBÉM:
> BOMBA! JOGADORES ACUSAM DALLA PRIA POR FALSIFICAÇÃO DE ASSINATURAS
> DIRETOR DO NOROESTE TRAMOU DENÚNCIA
> BOTO E TIZIU NEGAM IRREGULARIDADES

3 comentários:

Carlos Adao disse...

Caro Clayton, voce disse tudo. Aqui neste Brasil, tudo e falso, nada serio. A diretoria do Rio Preto, teria por obrigaçao exigir uma puniçao severa para esse tal de Vitor Hugo e dirigentes do Diabo (Ameriquinha desiludido). Isso nao poderia acabar dessa forma. Esse tal de Vitor Hugo e dirigentes do inferno vao continuar a promover esses fatos nojentos, por que? Simplesmente por que nao tiveram a puniçao que merecia. Temos que abolir do futebol elementos como esses: Vitor Hugo e Parises da vida. Ja nao chega a cronica esportiva da Metropole (Humberto Carlos, Paulo Porto, Luizinho e Djalma)que so veem o diabo na frente, alias gostaria de mandar meus parabens a eles pela lanterna na Copinha. Espero que a lanterna deles brilha muito no Jacaré. Ah.Ah.Ah.....

Thiago disse...

Infelizmente as laranjas podres do futebol irão continuar. E a respeito da cronica esportiva da cidade acho que já está abolida a muito tempo, infelizmente não existe, qdo não falando do "Mecão" ficam mandando abraço. DIGA NÃO A METRÓPOLE - A RÁDIO DO DIABO

Rogério Cannizza disse...

Saudações esmeraldinas!!!
Thiago, não liga não, um dia eles vão ter que falar do glorinha. A última do Humberto Carlos após saber o grupo do Rio Preto na segunda fase da copinha. Palavras do narrador do diabo: "Já foi pro saco". São exemplos como este que quem é verde não anuncia na rádio metrópole. DIGA NÃO A METRÓPOLE - A RÁDIO DO DIABO. E não se esqueçam também: FICA ZANIRATO.